October 2 to 6, 2017

PRO MAGNO - São Paulo, Brazil

Cursos

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

Corpos Moedores – Conceitos e Inovações em moinhos

O minicurso focará uma revisão de tópicos de moagem em moinhos tubulares a úmido, com especial foco na moagem com bolas e moinhos semiautógenos (SAG). Será feita uma revisão desta operação unitária, com a apresentação de inovações em reagentes auxiliares de moagem visando a redução na quantidade de água e aumento de eficiência. Além disto, será feita dado um maior enfoque na questão de bolas de moinhos para moinhos de bolas e para moinhos SAG. Será discutida tecnologia inovadora de fabricação de bolas, bem como de revestimentos magnéticos.

 

PROGRAMA

Noções de mecanismo de quebra na moagem; moinhos rotativos – bolas, barras, cylpebs; moinhos autógenos e semi-autógenos; outros moinhos: vibratórios, moinhos verticais, etc.; Produtos de moagem, curvas de distribuição granulométrica; modelos de moagem; dimensionamento e seleção de moinhos tubulares; ensaios de Bond: determinação do WI e do índice de abrasividade (Ai). Revisão de reagentes aplicados na moagem em moinhos tubulares. “grinding media”: corpos moedores para moinho de bolas e SAG. Conceitos gerais de classificação e aplicações: classificação em lâmina d’água e ciclones; noções de partição, diâmetro mediano de separação, diâmetro de corte;  curvas de partição.

 

PÚBLICO ALVO

Profissionais técnicos, engenheiros e demais interessados em Tratamento de Minérios, com ou sem experiência em moagem, fornecedores de equipamentos, insumos e serviços nas áreas de moagem de minérios e classificação.

 

DOCENTE: Professor Dr. José Renato Baptista de Lima

Engenheiro de Minas (EPUSP – 1985); Mestre em Engenharia Mineral (EPUSP –1989); Doutor em Engenharia (EPUSP – 1991); Livre Docente (EPUSP –1999); Cursos na AKW Apparate + Verfahren GmbH – Alemanha –2001; Curso na Arthur Habermann GmbH & Co – Alemanha – 2001; Professor do Departamento de Engenharia de Minas da EPUSP desde 1986; Pós doutorado no JKMR Center –Austrália; Tem cerca de 100 trabalhos publicados e já formou 18 mestres e 4 doutores.

 Veja o currículo completo: http://lattes.cnpq.br/3432803112673676

INSCRIÇÕES:

Associado júnior – R$ 50,00

Associado titular – R$ 100,00

Não associado – R$ 200,00  

INSCREVA-SE PARA O CURSO  

 

IMPORTANTE: Este curso NÃO está incluso nas Inscrições ABM WEEK.

Cursos (2/10) e Visitas Técnicas (6/10) devem ser adquiridos à parte.

Tecnologias e Gerenciamento para Conviver com Condições de Crises Hídricas na Indústria

Este curso destina-se a técnicos, engenheiros e gerentes da indústria que lidam de forma direta ou indireta com água de resfriamento e que enfrentam desafios com a escassez deste importante insumo. O objetivo é mostrar as ferramentas existentes para quantificar financeiramente os riscos efetivos desta escassez na sua região, bem como as técnicas e tecnologias disponíveis para minimizar estes riscos e alcançar o descarte mínimo em seus sistemas de resfriamento sem impactar nos seus índices de produtividade. Haverá apresentação de vários casos práticos”.

CONTEÚDO:

Suportando o crescimento Industrial em Momento de Escassez de Água
Esta apresentação explora os desafios enfrentados pela indústria em fase de crescimento com respeito à escassez de água. Também introduz um processo e algumas ferramentas disponíveis para avaliar e e abordar preocupações com escassez de água.

Water Risk Monetizer Apresentação de uma ferramenta para entendimento dos riscos associados com escassez de água e o seu impacto nos negócios industriais, quantificando estes riscos em termos financeiros e ajudando a tomar decisões que viabilizem o crescimento da indústria.

Gerenciamento de Recursos Hídricos; Tecnologia de Osmose Reversa e Casos Práticos
Abordagem sobre a água como recurso crítico na indústria do aço e alternativas para reduzir o seu consumo e implantar o seu reciclo sem por em risco os índices de produtividade

Gerenciamento de Cloretos – Tecnologia PURATE
Os cloretos são frequentemente um fator limitante de incremento de ciclos de concentração em sistemas de resfriamento; apresentação de uma tecnologia alternativa de bocida oxidante sem acarretar aumento na concentração de cloretos na água recirculante

Reciclo da Água, Descarga Líquida Mínima
Breve discussão sobre o reciclo de água e várias tecnologias usadas na otimização desse importante aspecto de sustentabilidade, e direcionamento para atingir descarga líquida mínima com casos práticos

Dessalinização de Água do Mar
Breve discussão sobre dessalinização de água do mar através de tecnologias de membranas e térmica, avaliando vantagens e desvantagens de cada, com casos práticos

PALESTRANTE:

Paulo Santiago
Eng. Químico, UFBA, com MBA em Marketing de Serviços, 37 anos de experiência na indústria básica (Petroquímica, Papel e Celulose, Metais Primários e Geração de Energia); Vários trabalhos publicados na ABM, no IWC e no JSI Steel Conference; Gerente Sênior de Marketing da Nalco para a América Latina

Fábio Schusterschitz Araújo
Eng. Químico, UFMG, 28 de experiência, Vários trabalhos publicados na ABM , Consultor Técnico da Nalco para o mercado de indústrias básicas

Rolando Piaia
Eng. Sanitarista, Escola de Engenharia de Mauá, com mais de 30 anos de experiência em desenvolvimento de projetos, engenharia e gerenciamento de projetos de tratamento de água; atualmente é Business Developer da divisão Engineering and Managed Operations da Nalco Water

Bradley Stuart
Eng. Mecânico, Universidade de New Orleans, 24 anos de experiência na indústra siderúrgica, membro da AIST – Environment Committee, membro da Steel Manufacturers Association; Assistente da Vice Presidência de Gerentes Corporativos da Nalco para o mercado siderúrgico mundial

Patrick Randall
Eng. Mecânico, SUNY Adirondack, 22 anos de experiência com tratamento de água, co-autor de trabalhos publicados na International Water Conference e de artigos técnicos na Power Engineering e Ultra Pure Water; Diretor Global da Aquatech International Corporation

INSCRIÇÕES:

Associado júnior – R$ 50,00

Associado titular – R$ 100,00

Não associado – R$ 200,00  

 

INSCREVA-SE PARA O CURSO  

 

IMPORTANTE: Este curso NÃO está incluso nas Inscrições ABM WEEK.

Cursos (2/10) e Visitas Técnicas (6/10) devem ser adquiridos à parte.

OBS: não teremos tradução simultânea.

Trincas a quente dos aços

CONTEÚDO:

Revisão de Tecnologia dos aços – Fundamentos

Diagrama Fe-Fe3C;
Efeito dos elementos de liga nos aços;
Noções de Tratamentos térmicos;
Tipos de aços C e suas aplicações.

Trincas a quente no processamento do aço

Ocorrências

Lingotamento contínuo – Aços peritétcos;
Laminação a quente;
Forjamento;
Soldagem.

Mecanismo atuante redução da ductilidade a quente em temperaturas mais baixas – entre Ae3 e Ar3.

Simulação por ensaio de tração a quente – redução de área x temperatura

Região de alta ductilidade, abaixo de Ar3 – filme fino de ferrita;
Poço de ductilidade;
Região de alta ductilidade, acima de Ae3;
Efeito dos elementos de liga – deslocamento de Ar3 e Ae3;
Precipitados e inclusões;
Recuperação da ductilidade – filme de ferrita e recristalização dinâmica.

Mecanismos de fragilidade a quente

Região de alta temperatura – Mecanismo de trincamento pela formação de líquido – fragilidade a quente

Efeito do S – origem do problema;
Solução pelo Mn;
Fragilidade pelo Cu;
Discordância entre resultado de laboratório e a prática;
Explicação conforme a literatura – oxidação preferencial;
Dificuldade da simulação – oxidação do CP;
Associação do Cu interagindo com o MnS;
Importância efetiva da oxidação;
Nova solução proposta;
Mecanismos de trincamento diferentes para cada faixa de temperatura;
Solução pelo Ni;
Influência da adição de Ni;

Consequências na prática siderúrgica

Representatividade da simulação em laboratório

Ensaios – importância relativa das limitações – oxidação;
Ensaio de tração em vácuo/argônio;
Ensaio de compressão;
Conclusões.

Ações práticas na indústria

Métodos de refino;
Análise de casos reais apresentados pelos participantes e proposta de açôes corretivas;
Discussão de casos reais que venham a ser colocados pelos participantes; Análise e avaliação do curso – críticas e sugestões.

PÚBLICO ALVO

Destinado a pessoal de qualquer formação, desde que familiarizado com a prática siderúrgica – produção, pesquisa, manutenção, venda ou assistência técnica.

PALESTRANTE

Prof Osvaldo Comineli Engenheiro Metalurgista – UFOP. Professor Titular da UFES, Vitória, ES, pesquisando fragilidade a quente dos aços desde de 1995. Mestre em Ciências – ITA; PhD – City University Londres – Orientador Barrrie Mintz; Pos Doutorado 1 – University of Oulu – Finlândia – com Prof. Pentti Karjalainen; Pos Doutorado 2 – McGill University – Montreal, Canadá, com Prof.J.J.Jonas

INSCRIÇÕES:

Associado júnior – R$ 50,00

Associado titular – R$ 100,00

Não associado – R$ 200,00  

 

INSCREVA-SE PARA O CURSO  

 

IMPORTANTE: Este curso NÃO está incluso nas Inscrições ABM WEEK.

Cursos (2/10) e Visitas Técnicas (6/10) devem ser adquiridos à parte.

Compressores Centrífugos de Engrenagens Integrais

CONTEÚDO

Introdução Teoria do Compressor Centrífugo Sistema de Transmissão Sistema de Resfriamento Sistema de Lubrificação Válvulas de Controle Sensores de Monitoração Princípios Básicos do Sistema de Controle Operação do Compressor Manutenção Preventiva Identificação e Solução de Problemas

OBJETIVO

Visão geral no conceito e projeto de um compressor centrífugo de engrenagens integrais por meio de discussões teóricas e práticas de campo, proporcionando nível de conhecimento para a operação e manutenção rotineira do compressor.

PALESTRANTES

Fred Del Grande
Diretor de Vendas, America Latina Líder comercial dos compressores centrífugos para ar e gases de processo da Ingersoll Rand. 22 anos de experiência.

Licio Di Matteo Gerente de Vendas e Serviços, Brasil Responsável pelo centro de vendas e serviços para todas as tecnologias de compressores da Ingersoll Rand 14 anos de experiência.

Denis Silva Supervisor Técnico, América do Sul Responsável pelo suporte técnico, serviço de comissionamento, assistência técnica nos compressores centrífugos para ar e gases de processo da Ingersoll Rand. 32 anos de experiência.

INSCRIÇÕES:

Associado júnior – R$ 50,00

Associado titular – R$ 100,00

Não associado – R$ 200,00  

 

INSCREVA-SE PARA O CURSO  

 

IMPORTANTE: Este curso NÃO está incluso nas Inscrições ABM WEEK.

Cursos (2/10) e Visitas Técnicas (6/10) devem ser adquiridos à parte.

ABM

Registration ABM

Associação ABM