2 a 4 de outubro de 2018

PRO MAGNO - São Paulo, SP

Inscrições

Inscreva-se

Painéis

Sinopse

O painel pretende trazer discussões abrangentes sobre o tema, com ênfase em uma série de fatores que impactam fortemente o resultado das empresas. Entre eles, é possível citar novas demandas socioambientais e o crescimento do protecionismo. Há, ainda, a falta de insumos, a ação de órgãos públicos, falhas na infraestrutura e o impacto de novas tecnologias. Na área de recursos humanos, é preciso lidar com a escassez de talentos. A programação prevê apresentações de 30 minutos realizadas por profissionais de instituições representativas dos setores de mineração e siderurgia. Também contará com espaço para interação entre palestrantes e plateia, com oportunidade para perguntas e respostas.

Coordenadores
  • Vania Lucia de Lima Andrade (Comissão Técnica de Mineração) – diretora de Tecnologia da Sec. de Geologia, Mineração e Transformação Mineral (SGM) do Min. de Minas e Energia; membro do Conselho de Administração da ABM
  • Marcelo Carboneri Carboni (Comissão Técnica de Fusão, Refino e Solidificação) –consultor da Unidade Embrapii Tecnogreen – USP
  • Lindaura de Souza Candido d’Avila (Comissão Técnica de Redução e Aglomeração de Minérios) –gerente Técnico Sinterização da  Gerdau Ouro Branco
Moderador
  • Rolf Georg Fuchs – diretor da Integratio Mediação Social e Sustentabilidade
Palestrantes
  • Rinaldo César Mancin – diretor de Assuntos Ambientais do Ibram (Inst. Bras. de Mineração)
  • Maria Cristina Yuan – diretora de Assuntos Institucionais do IABr (Inst. Aço Brasil)
  • Alan Kardec Pinto – presidente do Conselho Deliberativo da Abraman (Assoc. Bras. de Manutenção e Gestão de Ativos)
  • Adriano Santhiago de Oliveira – diretor do Departamento de Monitoramento, Apoio e Fomento de Ações em Mudança do Clima – Ministério do Meio Ambiente – diretor técnico do  Projeto Siderurgia Sustentável

Patrocínio:  

Sinopse

Vital para o desenvolvimento industrial, a oferta de energia é um dos fatores que comprometem a competitividade das empresas brasileiras no mercado global. Este painel abordará esse contexto desafiador. A programação dará ênfase aos esforços realizados para geração de energia limpa e racionalização do consumo nos processos de transformação. O painel também abordará a Economia Circular, que envolve a reciclagem e a extensão da vida útil dos produtos, bem como o surgimento de materiais que permitam à indústria diminuir sua demanda por combustíveis fósseis.

Coordenadores
  • Eduardo Côrtes de Castro (Comissão Técnica de Conformação) – gerente da Oficina de Cilindros de Laminação da CSN
  • Leandro Rodrigues Ramos (Comissão Técnica de Automação e TI) – especialista de Automação e Controle de Processo da ArcelorMittal Tubarão
  • Luiz Enrique Sturião (Comissão Técnica de Energia e Utilidades) assessor da Gerência de produção de energia da ArcelorMittal Tubarão
  • Ayrton Filleti (Comissão Técnica do Congresso – Produtos Metálicos) – Intelectus
Moderador
  • Antônio Celso de Abreu Jr – Subsecretário de Energias Renováveis do estado de São Paulo
Palestrantes
  • Guilherme Correa Abreu – gerente geral de Sustentabilidade da ArcelorMittal | Título da palestra: Racionalização do consumo de energia no processo de transformação
  • André Luiz Vasconcellos da Costa e Silva – professor da Univ. Federal Fluminensa (UFF) | Título da palestra: Desenvolvimento de novos materiais visando a reduzir o consumo de combustíveis fósseis
  • Carlos Roberto da Silva Filho – presidente da Abrelpe (Assoc. Bras. de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais) | Título da palestra: Economia Circular
  • Edvaldo Alves de Santana – presidente da Abrace (Assoc. Bras. de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres) | Título da palestra: Geração de Energia Renovável

 

Sinopse

Os empresários da indústria minerometalúrgica e de materiais sabem que o desenvolvimento científico e tecnológico é chave para a sustentabilidade do setor e para a economia do Brasil prosperar. Mas ainda são muitos os obstáculos que precisam ser superados para que as empresas, de fato, possam produzir inovação. Entre as dificuldades enfrentadas está o acesso aos diversos instrumentos de incentivo à inovação já disponíveis. É justamente para aproximar esses dois elos – empresas e agências de fomento – que será promovido este painel.

Coordenador
  • Jorge Alberto Soares Tenório – professor Títular do Departamento de Engenharia Química da USP
Moderador
  • Marcelo Carboneri Carboni – consultor da Unidade Embrapii (Empresa Bras. de Pesquisa e Inovação Industrial) Tecnogreen – USP
Palestrantes
  • Pedro Paulo Dias Mesquita – economista do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social)
  • Jorge Guimarães – presidente da Embrapii (Empresa Bras. de Pesquisa e Inovação Industrial)
  • Henrique Vasquez – gerente do Departamento de Química, Metalurgia e Materiais da FINEP (Financiadora de Inovação e Pesquisa)
  • Charles Martins – gerente Geral de P&D para a América do Sul da ArcelorMittal

Patrocínios e Apoios

Patrocinadora Master
CBMM
Patrocinadora Premium
ARCELLORMITTAL
GERDAU
PAUL WURTH
PRIMETALS
TERNIUM
USIMINAS
VESUVIUS
Villares
WHITEMARTINS
Patrocinadora Metais
AÇOKORTE
APERAM
ATOMAT
BEDA
BRC
Calderys
CISDI
CLARIANT
Condat
Danieli
DDMX
ESW
Fosbel
Harsco
IBAR
Imerys
IMS
Ingersoll Rand
KUTNNER
LECHER
MAGNECO METREL
MAPTEK
MICROSOFT
Nalco
PSI
Pyrotek
Reframax
RHI MAGNESITA
RIP
SAINT-GOBAIN
SPRAYING SYSTEMS
SUNCOKE
TECNOSULFUR
TIMKEN
UNIFRAX
VALE
Vamtec
VIRIDIS
WEIR
PNUD
Apoio
Abendi
AÇO BRASIL
ANUT
CNPq
SAE Brasil
ABM

inscricão ABM

Associação ABM