2 a 4 de outubro de 2018

PRO MAGNO - São Paulo, SP

Intercâmbio entre estudantes e profissionais foi o destaque do 18º Enemet

Em sua edição de 2018, o Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Metalúrgica apresentou número expressivo de trabalhos assinados conjuntamente por pesquisadores de iniciação científica e profissionais da indústria, o que aponta para uma integração mais profunda entre a investigação acadêmica e o setor produtivo da mineração, metalurgia e materiais.

“Em relação aos anos anteriores, também pudemos notar que houve uma participação mais ativa dos alunos do Enemet nos outros eventos da ABM WEEK, sobretudo nos seminários. Por isso, tivemos neste ano um evento rico, com muito compartilhamento de experiências e intercâmbio científico”, avalia Willy Ank de Morais, professor de Engenharia da Universidade Santa Cecília (Unisanta) e um dos coordenadores do Enemet.

A troca mais estreita entre estudantes e profissionais, conforme salienta Morais, tem sido cada vez mais freqüente no próprio ambiente acadêmico, uma vez que os temas de trabalhos de conclusão de curso e dos projetos de iniciação científica escolhidos pelos alunos muitas vezes se relacionam às suas atividades de estágio profissional. “Por isso, embora haja grande diversidade de campos de pesquisa que se fazem notar no Enemet, houve, em geral, uma interface maior com as áreas de engenharia mecânica, civil e química”, aponta.

Também foram presença constante nos debates e apresentações do Enemet os assuntos relacionados à Indústria 4.0, como a Inteligência Artificial, tecnologias de robotização e Big Data. “Os alunos da geração atual estão muito vinculados às tecnologias digitais e nós, professores, temos nos adaptado a isso. Há cinco anos, seriam impensáveis algumas cenas muito comuns dessa edição do encontro, como participantes fazendo transmissão ao vivo de alguma atividade nas redes sociais, por meio do smartphone”, conta Morais.

ABM

inscricão ABM

Associação ABM