2 a 4 de outubro de 2018

PRO MAGNO - São Paulo, SP

Gigantes do setor minerometalúrgico apostam em tecnologia e diversidade para o futuro

Em um cenário de enormes desafios para o setor da minerometalúrgico, grandes players globais têm apostado em tecnologia, diversidade e compromissos socioambientais para planejar o crescimento contínuo e sustentado de suas operações.

Em plenária realizada no primeiro dia da ABM WEEK 2018, os debatedores, representantes da anglo-australiana BHP Billiton, da sul-coreana Posco e da brasileira Gerdau, expuseram os caminhos recentemente trilhados por suas organizações para lidar com os imperativos do século 21. O papel desempenhado pelo Ministério de Minas e Energia na consolidação de políticas públicas para o segmento no Brasil também foi objeto de discussão no evento.

Francisco Dornelas, diretor da ABM/Regional Espírito Santo e um dos coordenadores da plenária, apresentou alguns dos principais desafios do momento, mencionando a escassez de minerais brutos de alta qualidade, a competição com substitutos do aço e a necessidade de inserção na Indústria 4.0. “Há ainda uma nova onda de protecionismo de mercado, como no caso da taxação de aço pelos EUA”, apontou Dornelas.

Bryan Quinn, presidente de Operações da BHP Billiton, abriu sua exposição lembrando o rompimento da barragem de rejeitos de Mariana (MG), ocorrido em novembro de 2015. A BHP Billiton era uma das parceiras da operação controlada pela Samarco Mineração, ao lado da Vale. “Para falar sobre o futuro, é preciso assumir o passado. Reconhecemos o terrível impacto do desastre e lamentamos sinceramente o ocorrido”, declarou, para em seguida apresentar todas as medidas que a empresa tem tomado para lidar com as consequências do acidente – e para impedir que novos eventos como esse ocorram.

Além das ações relativas aos compromissos socioambientais da BHP, Quinn ressaltou a relevância da diversidade como pilar do desempenho contemporâneo da companhia. “A mineração era terreno de homens durões. Com a maior atenção dada às mulheres pela organização, o ambiente de trabalho como um todo melhorou”, explicou. A diversidade, segundo o executivo, veio acompanhada de inovação tecnológica: se antes muita gente dizia que mulheres não podiam desempenhar algumas tarefas, a ampliação da automação e o uso intensivo de equipamentos derrubaram essas ideias. “Descobrimos que equipes mais diversas são mais eficientes”, concluiu.

Flexibilidade na hierarquia e na dinâmica do trabalho e a busca profunda por soluções tecnológicas, segundo Marcos Eduardo Faraco, diretor Executivo das Operações no Brasil, Argentina e Uruguai da Gerdau Aços Longos, também são fundamentos da transformação que a empresa está estimulando, de três para cá. “Tomamos a decisão de nos estabelecer no Vale do Silício, na Califórnia, onde hoje trabalhamos no desenvolvimento de soluções cujo impacto já atinge US$ 50 milhões”, comemorou. Entre as inovações mais recentes, o executivo destacou a criação de uma tecnologia de inteligência artificial, em parceria com o IBM Watson, batizada de ISA.

Na Posco, conforme explicou Dong Ho Kim, diretor de Projetos para Unidades Internacionais, um dos mandamentos do planejamento global da empresa é justamente empregar as tecnologias digitais que impulsionam a revolução industrial atual. “Sobretudo aquelas relacionadas a Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) e soluções automatizadas”, definiu.

O setor da mineração dispõe de ferramentas primordiais para se desenvolver fortemente no Brasil nos próximos anos, argumentou Vicente Lôbo, secretário de Geologia e Mineração do Ministério de Minas e Energia. “Construímos três medidas provisórias: uma criou a Agência Nacional de Mineração; outra estabeleceu novo código regulatório para o setor; e a última buscou revitalizar a política de contribuição de royalties”, enumerou.  De acordo com Lôbo, a ideia era buscar uma nova agenda para o setor mineral brasileiro, com uma regulação clara e transparente. “É necessário que abramos nossas portas para trazer novos investimentos – e que criemos um ambiente favorável para fazer a diferença”, completou.

ABM

inscricão ABM

Associação ABM